policia

NOVA ANDRADINA: SIG prende três pessoas no Argemiro Ortega por tráfico de drogas

Três pessoas, sendo um homem e duas mulheres foram presas nesta terça-feira, no bairro Argemiro Ortega, em Nova Andradina, por tráfico de entorpecentes.

Segundo o delegado responsável pela investigação, Dr. Rafael Carvalho, após a prisão da esposa de uma das envolvidas no mês de março, a mesma assumiu os negócios da família, mas em novo endereço, no intuito de ludibriar os investigadores, conforme a versão da Polícia Civil.

O delegado informou através de nota encaminha da redação do Nova Noticias, que a prisão dos acusados se deu após o poder judiciário expedir um mandato de busca e apreensão contra uma das suspeitas, de 28 anos.

O delegado informou na nota que no momento do cumprimento encontrou as três pessoas dentro de um dos quartos da residência falando ao telefone no vivo voz, dando a entender que participavam de uma conferência.

Cb image default

Divulgação Polícia Civil

No local foram encontradas, no quarto da investigada, entre suas roupas pessoais 12 trouxinhas de maconha e 19 papelotes de crack, sendo que no quintal os investigadores localizaram enterrados mais 100 trouxinhas de maconha e 59 papelotes de crack.

No bolso de trás do short da outra suspeita de 19 anos também foram localizadas 04 trouxinhas de maconha.

A proprietária da casa ao ser indagada sobre a droga encontrada em sua moradia veio assumir a traficância, disse, porém, que somente a maconha era de sua propriedade.

O indivíduo que estava com as duas mulheres de 27 anos assumiu ser proprietário de todo crack encontrado na residência da investigada.

No interior do imóvel ainda foram apreendidos 06 rolos de papel filme, que é utilizado para embalar droga, 03 potes de fermento da marca Royal lacrados contendo o produto, comumente utilizado para misturar com crack e cocaína para fazer maior quantidade de droga, um caderno com anotações de comercialização de trafico de drogas, R$ 48,00 em notas miúdas, 01 par de tênis da marca Nike, um frasco da marca Toddy com odor da substância crack em seu interior, 04 celulares, 01 aparelho de som e no quintal 05 bicicletas de origem suspeita.

Após os procedimentos de praxe, as duas mulheres foram presas e levadas para a Delpol de Batayporã e o outro suspeito preso (homem), encaminhado ao Estabelecimento Penal de Nova Andradina para aguardarem a audiência de custódia e posterior deliberação do Poder Judiciário.

Comment here