Esportes

Conmebol faz inspeção em estádios do Brasil para definir finais da Libertadores e Sul-Americana

Dirigentes da Conmebol iniciam nesta segunda-feira uma série de visitas a estádios no Brasil como parte do processo de escolha das sedes das finais da Libertadores e da Copa Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023. Os delegados da entidade vão inspecionar, até sexta-feira, Mané Garrincha (Brasília), Castelão (Fortaleza), Beira-Rio (Porto Alegre), Arena Pernambuco (Recife) e Morumbi (São Paulo). Somente o estádio do São Paulo não foi utilizado na Copa do Mundo de 2014.

A final da última edição da Libertadores, vencida pelo Palmeiras diante do Santos, foi realizada em jogo único no Maracanã. A partida teve cerca de cinco mil pessoas no estádio e foram registradas aglomerações e quebras de protocolos nas arquibancadas. A Polícia Militar chegou a prender dez pessoas com credenciais falsas da final da Libertadores; não houve venda de ingressos para a partida.

Na visita dos delegados da Conmebol ao Brasil, serão analisados aspectos como infraestrutura e logística, campos de treinamento, rede hoteleira, aeroportos e pontos de acolhimento de torcedores. O processo seletivo começou com a inscrição de cada estádio, passando por um workshop no qual a Conmebol apresentou conceitos e requisitos necessários para cada arena.

A final da Libertadores da temporada 2021 está marcada para 20 de novembro. A decisão da Copa Sul-Americana será no dia 6.

A Fonte Nova, em Salvador, é candidata às finais da Copa Sul-Americana de 2022 e 2023 e, por isso, não deve receber a visita dos fiscais da Conmebol agora. O estádio atualmente tem sido palco de jogos do Campeonato Brasileiro, mas foi adaptado para também servir como posto de vacinação contra a covid-19 e não está descartada a possibilidade de o hospital de campanha para infectados pelo novo coronavírus ser reaberto no local. Devido à pandemia, com limitações de deslocamento e datas, os trabalhos de inspeção e avaliação da Conmebol vão ficar restritos aos estádios candidatos às finais deste ano.

Na semana passada, a Conmebol concluiu a vistoria de sete estádios argentinos indicados para receber as finais da Libertadores e Sul-Americana das próximas três temporadas. Os dirigentes analisaram as condições dos estádios Libertadores de América (Independiente), El Cilindro (Racing), La Bombonera (Boca Juniors), Monumental (River Plate), Nuevo Gasómetro (San Lorenzo), Mario Alberto Kempes (Córdoba) e Unique (Santiago del Estero).

Depois de passar pelo Brasil, os inspetores vão para o Equador, em data a ser confirmada. O país é candidato a receber as finais da Libertadores de 2021, 2022 e 2023 no estádio Monumental de Guayaquil. Veja a lista completa abaixo.

A DISPUTA ENTRE OS ESTÁDIOS

ARGENTINA

Libertadores de América (Avellaneda): Libertadores e Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023

El Cilindro (Avellaneda): Libertadores e Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023

La Bombonera (Buenos Aires): Libertadores e Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023

Monumental de Núñez (Buenos Aires): Libertadores e Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023

Nuevo Gasómetro (Buenos Aires): Libertadores e Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023

Mario Kempes (Córdoba): Libertadores de 2021, 2022 e 2023; Sul-Americana de 2022 e 2023

Único (Santiago del Estero): Libertadores e Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023

BRASIL

Mané Garrincha (Brasília): Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023

Castelão (Fortaleza): Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023

Beira-Rio (Porto Alegre): Libertadores e Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023

Arena Pernambuco (Recife): Sul-Americana de 2021, 2022 e 2023

Arena Fonte Nova (Salvador): Sul-Americana de 2022 e 2023

Morumbi (São Paulo): Libertadores de 2021, 2022 e 2023

COLÔMBIA

Roberto Melendez (Barranquilla): Libertadores de 2023

Atanasio Girardot (Medellín): Libertadores e Sul-Americana de 2023

EQUADOR

Monumental (Guayaquil): Libertadores de 2021, 2022 e 2023

PERU

Monumental (Lima): Libertadores e Sul-Americana de 2022 e 2023

Nacional (Lima): Libertadores e Sul-Americana de 2022 e 2023

URUGUAI

Centenário (Montevidéu): Libertadores de 2022

Fonte- Terra

Comment here