Esportes

Coelho cita guerra por Libertadores e já pensa no Atlético-MG

O triunfo sobre o Avaí manteve o Corinthians firme na briga por uma vaga na edição de 2020 da Copa Libertadores. Após superar o time catarinense na primeira vitória por três gols de diferença em 2019, o técnico interino Coelho citou a briga pelo torneio continental.

Com 53 pontos, o Corinthians sobe para a sétima colocação do Campeonato Brasileiro e se aproxima do rival São Paulo. O time tricolor tem apenas um ponto a mais e ainda entra em campo para enfrentar o Vasco às 20h30 (de Brasília) desta quinta-feira, no Morumbi.

“O objetivo continua sendo o mesmo: Libertadores. Cada jogo é uma batalha, uma guerra. A gente sabe o quanto é difícil e estamos sentindo isso na pele. Mas a nossa meta é a Libertadores e vamos buscar da melhor maneira possível. Lutando, brigando, vencendo jogo”, afirmou Coelho.

Pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 18 horas deste domingo, o Corinthians encara o Atlético-MG, no Estádio Independência. Até o fim do torneio nacional, a equipe comandada por Coelho ainda enfrenta Ceará (visitante) e Fluminense (mandante).

“Agora, é pensar já no Atlético-MG, porque a gente tem essa meta de Libertadores e esperamos alcançar”, reiterou o ex-jogador, que corre risco de perder o lateral Danilo Avelar e o meia Pedrinho para o confronto com o time mineiro, já que ambos saíram com dores do jogo contra o Avaí.

Em busca de uma vaga na Libertadores, Coelho é o antecessor de Tiago Nunes. “Preciso fazer meu trabalho a cada jogo, porque tenho um carinho muito grande pelas pessoas que trabalham no clube, pelos jogadores e pela diretoria. Só espero entregar com o time na melhor colocação possível”, projetou.

Comment here